17/05/2011 11:42

Luciano Assis

Inovação de olho na sociedade

"O colunismo é primordial e importante dentro de um jornal com leitores tão fiéis quanto o LIBERAL" Carlos Ventura, editor executivo.

Nos próximos dias, os leitores da coluna Eclética, publicada no jornal O LIBERAL, vão presenciar uma série de mudanças no caderno, que a partir de agora ganha ares mais regionais, com a cobertura abrangendo as cidades de Sumaré e Hortolândia, além de mais intensificação em Santa Bárbara d'Oeste e Nova Odessa.

A mudança já começa pela nova equipe de colunistas, que substituem o ex-titular da função, Wagner Sanches, que deixou o Grupo O LIBERAL para se dedicar a projetos pessoais. O jornalista Mauricio Godoy, que nos últimos três anos comandou a Eclética Nova Odessa, assume a função de editor, centralizando o trabalho de mais dois profissionais: Anderson Junque e Duda Gambeta.

O primeiro ficará encarregado de trazer as novidades dos eventos de Santa Bárbara, enquanto Sumaré e Hortolândia ficarão a cargo de Duda. "O foco desse novo projeto é a regionalização dos eventos sociais, consolidando um olhar sobre todas as cidades de cobertura do LIBERAL", explica Godoy.

Crescimento
O novo colunista destaca o grande crescimento de todos os municípios que formam a RPT (Região do Polo Têxtil) como a principal justificativa da mudança. "Uma cidade como Sumaré, por exemplo, possui um campo de trabalho diversificado para a cobertura social. São três Lions Clubes, que realizam um grande trabalho social através de eventos", destaca.

Para estar atento à essa gama de assuntos que permeia a sociedade regional, pela primeira vez na região um colunista social contará com uma equipe com foco de ação mais localizada.

Com experiência em gestão de negócios empresariais, Duda Gambeta trará o que de melhor acontece nas duas cidades mais jovens da RPT. Segundo ela, essa ampliação da cobertura do LIBERAL sinaliza um desenvolvimento nesses municípios. "São localidades muito diversas e cheias de possibilidades", frisa.

Já Anderson Junque, nascido e criado no município barbarense, encara o novo trabalho como um desafio. "Estou começando agora como colunista social e farei o melhor pela confiança depositada em mim. Santa Bárbara é uma cidade que mantém muito de sua raiz e quero conseguir contar sua história através de sua sociedade", afirma.

Diálogo
Para o diretor comercial do Grupo O LIBERAL, Edison AntonioCarone, o novo projeto da coluna Eclética fortalece a filosofia que o jornal já adota em outras editorias. "Temos um trabalho efetivo em todas as cinco cidades de cobertura. Mas sinto que a açãoplena junto aos eventos sociais era algo que estávamos devendo aos leitores de Sumaré e Hortolândia. A partir de agora, também realizaremos um trabalho macro em nossa coluna social", enfatiza.

A capacidade de colocar o meio social para dialogar é função que deve desempenhar uma coluna social, na opinião do editor executivo do jornal, Carlos Ventura. "As páginas de uma coluna social são onde as pessoas se veem. Por isso, o colunismo é primordial e importante dentro de um jornal com leitores tão fiéis quanto o LIBERAL", finaliza Ventura.

O envio de qualquer comentário
é de responsabilidade do usuário.